Vereadores denunciam tentativa de interferência nos trabalhos da CPI da Covid em Lafaiete

A “lua de mel” entre a Câmara de Conselheiro Lafaiete e a Prefeitura parece mesmo ter chegado ao fim. Membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), criada para apurar denúncias relativas ao enfrentamento da Covid-19 no município denunciaram a tentativa da Procuradoria Municipal de interferir nos trabalhos.

Durante entrevista coletiva, ocorrida no plenário da Câmara Municipal, na tarde da terça-feira, 06/07. O vereador João Paulo Fernandes Resende que é presidente da Câmara, afirmou que não há guerra entre os poderes. A Procuradoria Municipal que passou a ter o direito de acompanhar os depoimentos na CPI e se necessário com o uso de força policial, fato que gerou insatisfação por parte dos membros da comissão e prejudica os trabalhos de investigação segundo eles.  

O presidente da CPI, o vereador André Menezes (PP) afirmou que enquanto ele estiver a frente dos trabalhos não irá aceitar a presença de membros da Procuradoria do Município nas oitivas e por isso, foi tomada a decisão de suspender os depoimentos. “Não aceito na hora dos depoimentos qualquer pessoa estranha na CPI. Não vou aceitar. Se for obrigado pela justiça, eu não faço oitiva mais. O que eu tenho, eu termino e libero. O que as pessoas estão achando que nós proibimos o Executivo ter acesso aos autos. Eles tem acesso aos autos, gravações, tudo. Nós só não queremos no momento dos depoimentos nenhuma pessoa aqui do Executivo”, disse o vereador.

André Meneses afirmou que presa pela lisura e idoneidade da CPI. “Nós não podemos continuar uma CPI se tiver interferência do Executivo e do Judiciário. Nós estamos averiguando denúncias”, comentou o vereador que a comissão recebeu denúncia anônima de antes de uma pessoa prestar o depoimento na CPI, houve uma reunião na Secretaria de Saúde quando teria sido proposto o alinhamento do testemunho.

O vereador Fernando Bandeira (DEM) relator da CPI fez a leitura de uma nota na qual destaca que nunca antes em todas as CPI’s que foram realizadas pela Câmara Municipal de Conselheiro Lafaiete ocorreu tanto desrespeito e interferência por parte da Procuradoria Geral do Município. “Neste momento, queremos deixar claro que o compromisso da CPI da Covid será sempre com a verdade, e sempre em prol da melhoria da qualidade de vida para a comunidade lafaietense”, disse o vereador em nota.

Comentários

PortalLafaiete.com.br Política de Comentários

Use e abuse do espaço, mas lembre-se de todas as regras antes de participar!

Por favor leia nossa política de comentários antes de comentar.

Participe da discussão...